Teimosia

Deixa eu escrever mais uma carta

e ganhar a terceira partida.

Deixa eu dar a última palavra

e escolher a contra-dança.

Vai... Deixa.

 

Deixa eu conversar com teus olhos mais um instante

e sentir teus lábios murmurarem um desejo,

Deixa eu gravar teu semblante sereno.

 

E só depois eu te deixo

Condição para partir sem mim,

Não conheces o caminho, eu sim.

Te encontro lá!

Nós dois,

Prometo.

 

tumblr_lfoxc2AHDQ1qbhvxjo1_250

9 comentários:

  1. Lindo poema! Um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Acho que pedirei mais vezes por suas palavras, não é?
    rsrs
    Beijão!

    http://www.leiaatentamente.tk

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por deixar Renan ; )
    Chica, tudo de bom para você também, volte sempre.
    George, fico muito feliz em saber que existem pessoas que apreciam e até esperam algumas palavras minhas.
    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  4. Sempre fica com a gente alguém que vai. E a gente sempre vai junto também.

    :)

    ResponderExcluir
  5. Gostei deste!

    Feliz dia da Poesia! ;-)

    ResponderExcluir
  6. A poetiza Daniele S.F. diz que adora brincar com as palavras.
    E aqui está a prova, porque de certa forma ela está criando
    o dicionário dos "indefiníveis":
    Verbete: TEIMOSIA
    é um poema dividido em 3 estrofes
    Na primeira estrofe Daniele introduz seu tema e
    de certa forma diz que a teimosia povoa as cabeças humanas;
    Na segunda estrofe ela mostra o poder da teimosia ao
    brincar com as percepções, podemos ver os olhos conversarem, os lábios sentirem e a visão gravar;
    Finalmente, ela conclui seu poema mostrando que a teimosia é
    uma deusa condescendente, mas sempre há a promessa do retorno
    e tudo começa novamente.
    De acordo com Daniela a teimosia é prima-irmã da curiosidade,
    ambos guiam a humanidade por caminhos desconhecidos.
    Parabéns Daniele!
    Espero que goste da análise.
    Um grande abraço Evermondo.

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana sua análise "Evermodo".
    Interessante, cada leitor desse poema o interpreta de uma forma.
    Fiquei muito feliz com o seu comentário.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir